Mais de 20 anos de atuação em telecom

Potencializando negócios

Gerando resultados

Otimizando processos

Minimizando riscos

O suporte que você precisa

Destaques

TELCOnsultoria apoia ABRINT nas contribuições acerca da revisão da Resolução Conjunta n° 4/2014 - compartilhamento de postes.
Entrevista com Katia Pedroso sobre o tema é publicada na revista RTI

Acesse a matéria completa em: 

FUTURECOM - Painéis ABRINT com mediação da TELCOnsultoria debate oportunidades e regras do PGMC 2.0 com Anatel e o futuros dos postes com Anatel e Aneel

Contando com a participação das Agências reguladoras, Anatel e Aneel, a ABRINT e a TELCOnsultoria realizaram dois painéis que trouxeram esclarecimentos e destacaram oportunidades no PGMC "2.0", recentemente publicado pela Anatel, bem como debateram os principais pontos da Tomada de Subsídios, que se encerrará em 30/11, acerca da possível revisão da Resolução Conjunta n° 4/2014 que trata do uso compartilhado dos postes entre os setores.

Acesse o material completo apresentado no evento:

ABRINT 2018 - Encontro Nacional: TELCOnsultoria participa de Painéis

O Encontro Nacional da ABRINT, que ocorrerá entre os dias 5 e 7 de junho de 2018 no Centro de Convenções Frei Caneca em São Paulo, debaterá temas de grande relevância para o setor e em especial para os provedores regionais. 

Participe conosco dos painéis sobre compartilhamento de postes com o setor de energia elétrica, com a participação da Anatel, e das oportunidades e desafios para a operação de voz fixa - STFC, ambos a serem realizados no dia 06/JUN.

Reserve sua a agenda e venha contribuir para estes temas.

 

http://www.eventonacional.abrint.com.br/

TELCOnsultoria apoia e participa da Câmara ABRINT MULHER

No dia das mulheres, 08 de março, a TELCOnsultoria esteve junto com a ABRINT e a Câmara ABRINT MULHER destacando e prestigiando as histórias de sucesso, superação e do dia a dia destas heroínas. E que fazem a diferença em todas as empresas e, cada vez mais, ampliam sua representatividade e imprescindibilidade para a evolução do setor de telecom.

UIT e Anatel realizam evento sobre qualidade em telecom com a participação de administrações de vários países, reguladores, operadoras e fornecedores. TELCOnslutoria moderou o painel de encerramento 

Evento foi realizado na cidade do Rio de Janeiro no mês de novembro/2017 e contou com a participação das principais empresas e fabricantes envolvidos no tema Qualidade:

- Além do debate mais amplo e troca de experiência entre vários reguladores e operadoras de diversos países, o foco no Brasil esteve na revisão do modelo de qualidade - RQUAL, que apresenta uma proposta híbrida, envolvendo indicadores técnicos - QoS (Quality of Service) e indicadores de percepção dos usuários - QoE (Quality of Experience), e cuja consulta pública se encerrá em 8 de abril de 2018;  

- A TELCOnsultoria contribuiu com os debates e moderou o painel final que reuniu o Conselheiro da Anatel, Sr. Leonardo Euler, além de representantes da TIM, Telefônica, Qualcomm e Huawei na apresentação de recomendações e de propostas de ação para aprimorar a performance, o QoS e o QoE nas Americas;

 

Documentação do evento pode ser obtida no seguinte endereço eletrônico:

https://www.itu.int/en/ITU-T/Workshops-and-Seminars/qos/201711/Pages/default.aspx

ABRINT e ABRASAT, com apoio da TELCOnsultoria, apresentam  abordagem adicional e defendem a franquia na banda larga fixa

ABRINT e ABRASAT, com apoio da TELCOnsultoria, apresentam  abordagem adicional e defendem a franquia na banda larga fixa

Destaques constantes da análise e do posicionamento:

- A franquia na banda larga permite que clientes optem pelas ofertas que melhor se encaixam em ser perfil de consumo;

- Eliminação da franquia impõe modelo de que o "tamanho único" (ilimitado) é adequado para todos os usuários;

- Franquia na banda larga móvel permitiu aumento da quantidade de usuários, redução dos preços por megabyte/gigabyte nas ofertas e ampliação dos pacotes, com franquias cada vez maiores;

 

- Assim como no caso do móvel, a rede da banda larga fixa também encontra restrições físicas, como uso de frequências, de tecnologia satélite ou de recursos contratados com outras operadoras, para ofertas de tráfego de dados ilimitado.

 

- Mais destaques podem ser conferidos nos documentos a seguir:  

Encontro será realizado na Futurecom - dia 04/10 a partir das 12:30h:

(local: auditório Colômbia) 

- Evento contará com empresas vencedoras do Lote C nas faixas de 1.900 MHZ e 2,6 GHz-TDD da licitação 02/2015-Anatel, fornecedores / vendors e representantes da Anatel;

- Constará da pauta atualizações sobre:

   

    - os últimos avanços e próximos passos da licitação;

    - os desafios e o cenário de implantação do serviço pelas operadoras;

- Se sua empresa participou da licitação, junte-se a nós neste debate.

Destaques do posicionamento da FS no painel: "O SVA no divã"

- SVA gera valor para os consumidores: inovação permanente e interesse dos usuários em contratar;

- Empresas de SVA têm se modernizado e promovido o aprimoramento da relação com os usuários finais. SVA não é vilão;

- Embora não seja regulado pela Anatel, SVA deve observar as regras dos serviços ao constar de fatura ou abater créditos. 

Anatel: dispensa de autorização SCM para pequenos provedores  e licenciamento de estações

Resolução n° 680/2017 altera Regulamentos do SCM e de serviços de telecomunicações Res. 73

- Pequenos provedores (menor que 5 mil assinantes) não precisam de Autorização SCM prévia;

- Regras do serviço SCM precisam ser respeitadas, independente da Autorização SCM;

- Prazos para informações perante a Anatel para estes pequenos provedores também são flexibilizados;

- Estações de telecom que utilizem apenas radiação restrita e/ou meio confinados estão dispensadas de licenciamento, mas precisam ser cadastradas na Anatel;

- Estas novas regras somente entram em vigor a partir 28/08/2017.

Principais temas

- Efetividade da regulamentação de Prestadoras de Pequeno Porte - PPP;

- Regras adequadas para remuneração de redes móveis - VU-M e bill and keep;

- Revisão do Mercado Relevante de infraestrutura passiva: torres e a evolução do RAN Sharing;

- Propostas para o Interconexão-RGI e a homologação de ofertas-RHORPA.

Os principais temas comentados pela nossa equipe

Acompanhe as novidades em pauta que podem repercutir no seu negócio. 

Novo Modelo: Uma visão sobre a concessão

Frente à agitação dos últimos cinco anos, em que a Anatel liderou temas de qualidade – emissão das cautelares de suspensão de venda do móvel e seus respectivos planos de ação – e dos direitos dos consumidores – discussão e implementação do RGC -, o ano de 2016 ainda está em compasso de espera, na medida em as principais promessas para este ano ainda não despontaram: revisão do modelo das telecomunicações e assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta - TAC...

A consolidação do RAN Sharing e os novos desafios

A busca por eficiência e pela otimização da alocação dos recursos sempre norteou o mercado de telecomunicações, em especial a prestação do serviço móvel, por se tratar de um segmento fortemente marcado pela característica de ser capital intensivo. Tal premissa, além de universal, ainda se encaixa perfeitamente na realidade de nosso país, na medida em que o Brasil enfrenta um cenário macroeconômico bastante desafiador, a expansão dos serviços e a melhoria de sua qualidade são assuntos permanentes na agenda nacional...

Novo Modelo: Uma visão sobre o negócio móvel

Com o foco da sociedade voltado para o destino da concessão, a discussão sobre a evolução do modelo para o serviço móvel ainda está em segundo plano e precisa emergir. Como não poderia deixar de ser, o Substitutivo ao PL 3543/15 propõe alterações significativas na dinâmica deste serviço, que impactam diretamente o ambiente competitivo...